Home > Cultura e estilo de vida > Salário Líquido vs Salário Bruto: Qual é a Diferença?

Salário Líquido vs Salário Bruto: Qual é a Diferença?

By Joana Moreira

Published on 21 January 2024

4mins read

Share
share article icon
Detail Article Image

Compreender o Vencimento Líquido e o Vencimento Bruto

O que é o Vencimento Líquido?

O vencimento líquido refere-se à quantia de dinheiro que um empregado recebe após todas as deduções e retenções terem sido subtraídas do seu vencimento bruto. É o valor real que é depositado na conta bancária do empregado ou recebido como cheque de pagamento. O vencimento líquido é o valor que os empregados utilizam para cobrir as despesas diárias, pagar contas e poupar para o futuro.

Ao calcular o vencimento líquido, várias deduções são tidas em conta. Estas deduções são subtraídas do vencimento bruto para se chegar ao valor do vencimento líquido. É importante que os empregados compreendam o seu vencimento líquido, pois este afeta diretamente o seu rendimento líquido e o seu bem-estar financeiro geral.

O que é o Vencimento Bruto?

O vencimento bruto refere-se ao montante total de dinheiro que um empregado ganha antes de quaisquer deduções ou impostos serem retirados. Inclui o salário ou taxa horária do empregado, assim como quaisquer rendimentos adicionais como bónus ou comissões. O vencimento bruto é importante porque serve como ponto de partida para calcular o vencimento líquido, que é o montante de dinheiro que o empregado efetivamente recebe após as deduções. 

Principais Diferenças entre Vencimento Líquido e Vencimento Bruto

Vencimento líquido e vencimento bruto são dois termos importantes para entender quando se trata do teu salário. As principais diferenças entre o vencimento líquido e o vencimento bruto podem ser resumidas da seguinte forma:

1. Deduções: O vencimento bruto não leva em conta quaisquer deduções, como impostos, prémios de seguro ou contribuições para a reforma. O vencimento líquido, por outro lado, reflete o montante que realmente recebes depois destas deduções.

2. Impostos e Retenções: O vencimento bruto está sujeito a impostos e retenções, mas estes montantes não são refletidos na figura do vencimento bruto. O vencimento líquido, no entanto, leva em conta os impostos e retenções que foram deduzidos do teu vencimento bruto.

3. Rendimento Líquido: O vencimento bruto pode dar-te uma ideia de quanto estás a ganhar, mas o vencimento líquido é o montante que realmente recebes na tua conta bancária. É importante considerar o vencimento líquido ao fazer o orçamento e planear as tuas finanças.

4. Ofertas de Emprego: Ao avaliar ofertas de emprego, é crucial considerar o vencimento líquido em vez do vencimento bruto. Um vencimento bruto mais alto não significa necessariamente um vencimento líquido mais alto, pois as deduções podem impactar significativamente o teu rendimento líquido.

Calcular o Vencimento Líquido

Deduções do Vencimento Bruto

Uma dedução comum é o imposto sobre o rendimento. O montante do imposto sobre o rendimento que deves depende do teu rendimento tributável e da taxa de imposto para o teu escalão de rendimento. É importante calcular com precisão o teu imposto sobre o rendimento para garantir que estás a reter a quantia correta sobre o teu salário.

Outra dedução a considerar são as contribuições para a reforma. Muitos empregadores oferecem planos de reforma, onde uma parte do teu vencimento bruto é deduzida e contribuída para as tuas futuras poupanças de reforma. 

Impostos e Retenções

Estas são deduções obrigatórias que variam dependendo dos rendimentos do indivíduo, estado civil e outros fatores. Os principais impostos retidos de um salário incluem imposto sobre o rendimento e os impostos que financiam a Segurança Social.

O imposto sobre o rendimento (IRS) é determinado de acordo com o rendimento obtido, sendo aplicada a taxa correspondente
Sobre o salário é aplicada ainda uma taxa contributiva, ou seja, vai descontar uma parte do seu salário, que corresponde à sua contribuição para a Segurança Social. A taxa contributiva aplica-se sobre o salário bruto (antes dos descontos). No caso dos trabalhadores por conta de outrem, é de 11%. 

Importância de Conhecer o Vencimento Líquido

Orçamentação e Planeamento Financeiro

Conhecendo o teu vencimento líquido, podes avaliar com precisão os teus rendimentos e despesas, e tomar decisões informadas sobre poupar, investir e gerir as tuas finanças.

Para orçamentar eficazmente e planear o teu futuro financeiro, considera o seguinte:

1. Regista as tuas despesas: Mantém um registo de todas as tuas despesas, incluindo custos fixos como renda, serviços públicos e transporte, assim como despesas variáveis como mercearias, entretenimento, etc.

2. Define objetivos financeiros: Determina os teus objetivos financeiros a curto e longo prazo, como poupar para uma entrada para uma casa, liquidar dívidas ou construir um fundo de emergência.

3. Cria um orçamento: Com base nos teus rendimentos e despesas, cria um orçamento que distribua o teu dinheiro para diferentes categorias, como habitação, saúde, transporte, alimentação e poupança.

Ter uma compreensão clara do teu vencimento líquido é essencial para a orçamentação eficaz e o planeamento financeiro. Permite-te tomar decisões informadas sobre o teu dinheiro e trabalhar para alcançar os teus objetivos financeiros.

Avaliação de Ofertas de Emprego

Ao avaliar ofertas de emprego, é importante considerar mais do que apenas o salário. Leva em conta o pacote de compensação completo, incluindo benefícios, bónus e potencial de crescimento. Aqui estão alguns fatores chave a considerar:

1. Salário: Compara o salário oferecido com os padrões da indústria e as tuas próprias necessidades financeiras.

2. Benefícios: Analisa o seguro de saúde, os planos de reforma e outras regalias oferecidas pela empresa.

3. Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal: Considera as políticas da empresa em relação a horários de trabalho flexíveis, tempo de férias e opções de trabalho remoto.

4. Desenvolvimento de carreira: Avalia as oportunidades de crescimento e avanço dentro da empresa.

A melhor oferta de emprego nem sempre é aquela com o salário mais alto. É importante encontrar um equilíbrio entre a compensação financeira e outros fatores que contribuam para a tua satisfação no trabalho e objetivos de carreira a longo prazo.

Share
share article icon
Written by Joana Moreira

Our specialised team focuses on bringing relevant and useful content everyday for our community of entrepeneurs. We love to stay updated and we thrive on sharing the best news with you.

Subscribe to our newsletter

Receive the latests insights and trends to help you start and run your business.

Want to stay updated with our latest news?

No spam, ever. Your email address will only be used for the company news.

©Rauva - 2024
TwitterLinkedInFacebookInstagram
Rauva is partnered with Swan who will be providing all payment services to Rauva clients. Rauva does not have access to client funds. Funds are kept in accounts provided by Swan, held in BNP Paribas. Swan is an EMI, based in France, supervised, and regulated by ACPR/Banque de France. Swan is authorized to carry out such services in Portugal and registered with Banco de Portugal under the registration number 7893.
Rauva is not a certified accounting or legal services provider. As such, Rauva does not provide accounting and legal services. Rauva acts as an intermediary who facilitates the introduction to our customers of accounting and legal services Partners who are legally registered and certified in Portugal. A list of Rauva’s Partners can be found here.