Home > 3 > Um Guia para Escolher o Nome Perfeito para o Teu Negócio

Um Guia para Escolher o Nome Perfeito para o Teu Negócio

De Rauva

Publicado a 18 Setembro 2023

8mins de leitura

Partilhar
share article icon
Detail Article Image

Aviso Legal: Embora a equipa da Rauva se esforce por manter esta informação atualizada, recomendamos sempre procurar o aconselhamento de profissionais legais e financeiros para auxiliar na tua situação única.

Quando se trata de iniciar um novo negócio, uma decisão importante que terás de tomar é escolher o nome certo para a empresa. O nome da tua empresa é mais do que apenas um rótulo; é a base da tua identidade de marca, e um nome bem escolhido pode ressoar com o teu público-alvo, estabelecer credibilidade e destacar-te da concorrência.

 Muitos empreendedores encontram-se num estado de "paralisia da análise" ao escolher o nome da sua empresa e podem facilmente sentir-se presos, sobrecarregados e frustrados, mas não precisas de pensar demasiado nisso, deixa-nos guiar-te através de um processo de 8 passos para te ajudar a escolher o nome ideal para o teu negócio que esteja alinhado com os teus valores, objetivos e visão.

Passo 1: Define a Identidade da Tua Marca

Compreende os Valores e Objetivos do Teu Negócio

Começa por definir os valores fundamentais e a missão da tua empresa. O que a tua empresa representa? Quais são os teus objetivos? Este é um primeiro passo importante para estabelecer esses fatores, uma vez que o teu nome deve refletir esses valores e transmitir a essência do que fazes.

Análise do Público-Alvo

A criação de personas de clientes pode ajudar a alinhar o nome da tua empresa com as preferências e valores do teu público-alvo. O teu nome deve ressoar com as pessoas que pretendes servir, criando uma conexão pessoal e construindo um relacionamento forte entre a marca e o cliente.

Passo 2: Brainstorming e Criação de Ideias

A próxima etapa é começar a gerar ideias. Não precisas de usar todas essas técnicas, mas vais achar útil o processo de criar uma lista de opções. 

Exploração de Palavras-chave: Identifica palavras-chave que reflitam o teu negócio e setor. Essas palavras-chave podem servir como base para a geração de ideias criativas de nomes. Um nome de negócio que inclua uma palavra-chave relacionada com a indústria não só ajuda os clientes a identificar o que fazes, mas também pode ajudar a tua empresa a classificar-se mais alto nos motores de busca.

Mapas Mentais e Associação: Os mapas mentais exploram visualmente as possibilidades de nomes, permitindo-te ver conexões entre diferentes conceitos. Associa palavras-chave a emoções, visuais e ideias que capturem a essência da tua marca.

Associação de Palavras: Semelhante ao mapeamento mental, começa com uma palavra central relacionada com o teu negócio e anota quaisquer palavras que te venham à mente quando pensas nessa palavra. Isso pode levar a combinações inesperadas e criativas.

Anagramas e Acrónimos: Brinca com as iniciais de palavras ou frases descritivas relacionadas com o teu negócio. Podes encontrar um acrónimo ou anagrama cativante.

Palavras Estrangeiras: Olha para traduções de palavras relevantes noutras línguas. Uma palavra estrangeira pode ter o toque exato que procuras e adicionar um toque exótico.

Portmanteau: Combina partes de duas (ou mais) palavras para criar uma nova. Pensa em "brunch" (pequeno-almoço + almoço) ou "smog" (fumo + nevoeiro).

Referências Históricas: Explora a história ou a mitologia. Nomes de figuras históricas, eventos ou personagens mitológicos podem criar intriga e dar à tua marca uma grande personalidade.

Mergulho no Dicionário de Sinónimos: Procura as tuas palavras principais num dicionário de sinónimos para encontrar sinónimos que talvez não tenham surgido imediatamente.

Imaginário Visual:Pensa em imagens ou cenas que desejas que o teu negócio evoque. Isso pode levar a nomes metafóricos ou simbólicos.

Conceitos Abstratos: Em vez de nomes descritivos, pensa em conceitos abstratos que incorporam o espírito ou a ética da tua empresa.

Aliteração e Rima: Nomes com qualidade rítmica ou repetição podem ser cativantes e memoráveis. Pensa em nomes como Coca-Cola ou Dunkin' Donuts.

Referências Geográficas: Se o teu negócio tiver um toque local ou for inspirado por um local específico, considera utilizar marcos geográficos, regiões ou gírias locais.

Perspetiva da Audiência: Pensa no teu público-alvo e no que pode apelar a eles. Às vezes, um nome que ressoa com o estilo de vida ou aspirações do teu público pode ter um grande impacto.

Geradores de Nomes e IA: Existem ferramentas online que podem gerar nomes com base em palavras-chave. Embora possam não sempre dar o nome perfeito, podem fornecer um ponto de partida ou inspirar uma ideia. Da mesma forma, se estiveres com dificuldades em encontrar um nome que te inspire, tenta pedir à IA para passar pelas técnicas de brainstorming listadas aqui. 

Rondas de Eliminação: Começa com uma lista ampla e elimina gradualmente os nomes com base em critérios como relevância, memorabilidade, disponibilidade de domínio, etc. Isso pode ajudar a reduzir as melhores opções.

Brinca com Combinações de Palavras: Experimenta combinações criativas de palavras. Combinações de nomes únicos podem despertar curiosidade e interesse no teu público-alvo.

Incorpora Metáforas e Simbolismo: Tenta incorporar significados ocultos e simbolismo no teu nome. Metáforas e símbolos podem criar uma conexão mais profunda com o teu público, transmitindo mais do que apenas uma mensagem superficial.

Passo 3: Considerações de Idioma e Linguísticas

Seleção do Idioma

Decide se queres usar a língua local ou termos internacionais no nome da tua empresa. Considera o alcance global e as implicações culturais de diferentes idiomas e garante que o teu nome seja universalmente compreendido, se isso for importante para ti - mas não é obrigatório.

Lembra-te de que alguns nomes de empresas não têm um significado óbvio - por exemplo, a Starbucks foi nomeada após uma personagem fictícia num livro, o Google é uma grafia incorreta da palavra 'Googol' - e mesmo essa foi inventada por um rapaz de nove anos, e a Pepsi (que originalmente se chamava Brad's Drink) vem da palavra dispepsia, que significa indigestão.

Lembra-te ainda que, depois de teres uma lista de alguns nomes, é importante garantir que eles não tenham significados não intencionais em outras línguas!

Pronuncia e Ortografia

Opta por nomes fáceis de pronunciar e escrever. Uma pronúncia clara garante que os clientes possam comunicar facilmente e lembrar-se do nome da tua empresa.

Passo 4: Selecionar os Melhores Candidatos

Avalia os Nomes Selecionados

Após teres passado pelas técnicas de brainstorming, analisa cada nome selecionado com base em critérios pré-determinados. Atribui pontuações de acordo com a relevância, facilidade de memorização e singularidade para comparar objetivamente as opções.

Considera o Crescimento e Diversificação Futuros

Escolhe um nome que acomode o crescimento e a expansão futura. Evita nomes que possam limitar o potencial do teu negócio para evoluir e diversificar. Se começares uma empresa de gestão de propriedades em Lisboa chamada 'Gestores de Propriedade de Lisboa', ficarás limitado se alguém te oferecer uma ótima propriedade para gerir no Algarve. 

Passo 5: Verifica a Disponibilidade de Domínio, Redes Sociais e Marcas Registadas

De todos os passos aqui descritos, este é o mais importante. A disponibilidade e consistência em todas as plataformas são um dos fatores mais importantes quando se escolhe o nome da tua empresa.

Não é um grande problema se precisares de escolher um nome de utilizador no Instagram que seja uma abreviatura ou variação do nome da tua empresa, mas assegura-te de que podes pelo menos usar a mesma variação em todas as plataformas para garantir a consistência.

Disponibilidade do Domínio

Assegura-te de que o nome de domínio correspondente está disponível para a tua presença online e que o nome de domínio está alinhado com o nome da tua empresa e está disponível para registo. Nem sempre é necessário escolher um domínio .com, embora geralmente sejam os mais facilmente compreendidos pelos clientes.

Disponibilidade nas Redes Sociais

Verifica os nomes de utilizador em todas as plataformas de redes sociais que pretendes utilizar - e até mesmo aquelas que possas querer utilizar no futuro, mesmo que não as queiras usar agora. 

Pesquisa de Marcas Registadas

Evita complicações legais ao confirmar que o nome escolhido não tem marcas registadas em categorias relevantes. Realiza uma pesquisa abrangente de marcas registadas para garantir um caminho claro para o nome da tua empresa.

Passo 6: Testa com um Pequeno Público

Lançamento Suave e Recolha de Feedback

Em seguida, apresenta os nomes selecionados a um público limitado para obter feedback. Valida a resposta do público e reúne informações para informar a tua decisão.

Análise da Interação com o Público

Podes também levar isso mais longe se quiseres, seguindo o envolvimento e interações com cada nome usando análises de dados. Os insights orientados por dados fornecem informações valiosas para tomar uma decisão final informada.

Passo 7: Toma a Decisão Final

Resume as forças e fraquezas de cada opção de nome. Compara o feedback do público, a disponibilidade de marcas registadas e outros fatores relevantes, mas, em última análise, confia na tua intuição ao tomar a decisão final. Equilibra insights baseados em dados com os teus sentimentos pessoais sobre cada nome.

Passo 8: Protege o Teu Nome de Negócio Escolhido

Regista o Teu Nome de Negócio

Ao criar o teu negócio e registar o nome da tua empresa em Portugal, precisarás de consultar undefined. A criação básica de uma empresa inclui um nome gratuito que escolhes do registo, e podes depois usar o nome da tua empresa escolhido como "nome de marca", ou, para uma abordagem mais profissional, podes solicitar que a tua empresa seja registada sob o nome oficial da tua escolha, o que custa 75€.

Registo de Domínio e Nomes de Utilizador em Redes Sociais

Em seguida, assegura o nome de domínio escolhido e os nomes de utilizador em redes sociais para garantir uma marca consistente em todas as plataformas digitais. Os nomes de domínio muitas vezes são incluídos gratuitamente ao comprar serviços de alojamento na web, por isso é importante pesquisar. 

Conclusão

Escolher o nome certo para o teu negócio é importante e pode acrescentar força e reconhecimento à tua marca. No entanto, é importante lembrar que o sucesso do teu negócio transcende o seu nome. Um negócio bem gerido, construído com base num ótimo serviço, qualidade consistente e relações sólidas com os clientes, é a chave para o sucesso a longo prazo e é o que vai definir a tua marca.

Embora o processo de seleção de um nome de negócio envolva criatividade, pesquisa e estratégia, a verdadeira jornada começa depois de o teres escolhido.

Esforça-te por criar um negócio próspero que ecoe a essência e o significado do teu nome escolhido através das suas ações, inovações e experiências com o cliente. O nome do teu negócio pode ser o catalisador, mas o verdadeiro impacto está no negócio que constróis em seu redor.

Partilhar
share article icon
Escrito por Rauva

A nossa equipa especializada dedica-se a trazer conteúdo relevante e útil todos os dias para a nossa comunidade de empreendedores. Gostamos de manter-nos atualizados e partilhamos as melhores novidades consigo.

Subscreve à nossa newsletter

Receba os últimos insights e tendências para ajudá-lo a gerir o seu negócio.

Queres ficar a par das nossas últimas novidades?

Zero spam. O teu email será apenas utilizado para receberes novidades nossas.

©Rauva - 2024
TwitterLinkedInFacebookInstagram
A Rauva tem uma parceria com a Swan que fornecerá todos os serviços de pagamento aos clientes da Rauva. A Rauva não tem acesso aos fundos dos clientes. Os fundos são mantidos em contas fornecidas pela Swan, mantidas no BNP Paribas. A Swan é uma EMI, sediada em França, supervisionada e regulamentada pela ACPR/Banque de France. A Swan está autorizada a realizar tais serviços em Portugal e registada no Banco de Portugal sob o número de registo 7893.
A Rauva é uma empresa certificada de contabilidade, mas não é sociedade de advogados. Assim sendo, a Rauva não realiza serviços legais. A Rauva actua como intermediário, facilitando a oferta aos seus clientes de serviços legais realizados por Parceiros especialistas e certificados em Portugal. A lista de Parceiros da Rauva está disponível aqui.